Meu pai é policial

 

Recentemente, uma questão sobre o uso de farda por crianças movimentou São Paulo. Pergunto: qual a falha dos policiais militares ao incentivarem essa prática? As crianças precisam de bons modelos: exemplos de honestidade, de caráter, de comprometimento, de dever, de honra, de dedicação, de lealdade, tudo que a farda e os militares bem representam.

 

 

Devemos promover bons exemplos para colher frutos no futuro. As pessoas não reclamam quando imagens de crianças são postadas nas redes sociais vestidas com trajes de médico, advogado ou dentista. Todos têm direito de vestir os filhos com roupas de suas profissões e isso inclui os policiais - sempre de forma respeitosa. 

 

 

A confusão com as fotos começou após policiais mostrarem, nas redes sociais, filhos com farda. Uma destas imagens foi questionada ao ser colocada na rede com a  “Polícia Militar 184 anos: você pode confiar!”, que recorda a história da Instituição.

 

 

Em muitos eventos da PM, é comum o PM levar a família para participar da cerimônia e levam, inclusive, os filhos pequenos usando fardas. Não vejo problema em enaltecer uma profissão que é tão humana e que presta um serviço de excelência ao cidadão.

 

 

Hoje, a PM trabalha focada principalmente na Polícia Comunitária, ou seja, o policial estreita o relacionamento com a comunidade. Os moradores passam a conhecer melhor o policial de sua região, confiam mais e, diante de problemas que envolvam a segurança pública, são prontamente atendidas. Os PMs atuam com solidariedade e respeito.  

 

 

Outra ação exemplar é o Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), nas escolas. O objetivo de evitar que as crianças entrem em contato com o mundo das drogas. Nas salas de aula são ensinadas, pelos policiais, técnicas de resistência à droga. É tão interessante que os alunos ficam na expectativa dos encontros.

Vejo com tristeza quando alguém tenta desqualificar um trabalho tão importante para o cidadão e quando ocorre uma tentativa de manchar a imagem da Instituição, que é formada por homens e mulheres que, se necessário, perdem a vida ao defender as pessoas.

 

 

Internalizar valores éticos, morais e noções de  cidadania é algo que sempre irei defender. A formação do jovem é fundamental para um mundo melhor e para que possamos viver em um ambiente com qualidade de vida.

 

 

A família, nosso maior bem, é a grande responsável pela formação dos filhos. Se o pai for um policial, qual o problema do filho dele usar uma farda? O mesmo para as mães. A profissão policial militar é uma vocação. Que venham mais crianças com fardas!

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com