Coronel Camilo lança cartilha sobre o Programa Vizinhança Solidária

Material gráfico será distribuído nos Conselhos Comunitários de Segurança e entre as lideranças dos bairros da capital e do interior

 

Nesta quinta-feira, 7/12, o Deputado Estadual Coronel Camilo lançou uma cartilha com dicas para a implementação do Programa Vizinhança Solidária nos diversos bairros da capital e do interior. (Acesse a cartilha ao final do texto).

 

“São orientações de aplicação imediata, visando uma nova postura de pertencimento comunitário por cada cidadão”, afirma o Deputado. “As ações são simples e não exigem grandes recursos financeiros ou investimento de tempo do indivíduo ou do Estado. São pequenas atitudes que podem mudar a vida das pessoas”.

 

Em outubro, Coronel Camilo protocolou na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo o Projeto de Lei 904/2017, que institui oficialmente o Programa Vizinhança Solidária no Estado de São Paulo como política pública.

 

Coronel Camilo era o Comandante-Geral da Corporação em 2009, quando inaugurou as primeiras experiências deste programa. À época, policiais militares promoveram a aproximação de vizinhos ao proferirem palestras para síndicos, moradores e zeladores de edifícios localizados no bairro do Itaim-Bibi, zona sul da cidade.

 

“Medidas como essa aumentam o sentimento de pertencimento do cidadão à sua rua, ao seu bairro, à praça, à escola, além de estimular o zelo, a troca de informações e solidariedade entre os participantes”, afirma o Deputado.

 

Nos locais onde o Programa Vizinhança Solidária foi implementado, houve considerável redução no índice de ocorrências criminosas. Por vezes, a notificação de crime foi zerada na região.

 

O programa, de adesão voluntária pelos moradores de cada rua, bairro ou região, tem a orientação, apoio e acompanhamento da Polícia Militar através de seu batalhão, companhia ou outra unidade responsável pelo policiamento local.

 

 

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com