Férias de julho: Não descuide da segurança!

 

 

As férias de julho chegaram. E com elas, os mais variados tipos de crimes ocorrem com uma intensidade maior. Para impedir assaltos e outros delitos que podem prejudicar até mesmo uma viagem neste período, o Deputado Estadual Coronel Camilo lembra a importância de não deixar a segurança de lado e dificultar ao máximo a ação dos ladrões. Uma das medidas, em especial,

 

está relacionada às casas na capital e Grande São Paulo, que permanecerão fechadas durante o fechamento das escolas, por exemplo.

 

"Antes de sair, programe o endereço que pretende estar, com esclarecimentos especificados de como chegar e mapas. Prepare um ‘pacote’ de medidas que não são muito onerosas e que dão o resultado esperado'', diz ele, que comandou a PM Paulista durante três anos. De acordo com o deputado, se estiver com assinaturas de revistas e jornais, prefira suspender o contrato pelo menos no período em que estiver ausente. Para o parlamentar, a aglomeração de papéis pode dar a impressão de abandono e de que o imóvel é alvo fácil para a invasão de bandidos.

 

"Avise seus vizinhos que a casa ficará vazia e deixe um contato caso ocorra algum imprevisto ou suspeita de roubo no local. Sensores de presença, que iluminam as calçadas, podem prevenir delitos e não tem um custo tão elevado", afirma Camilo. Outra dica é não deixar as luzes acesas. "Essa estratégia não funciona. Se tiver equipamentos eletrônicos, como cerca e alarmes, faça uma revisão para evitar falhas. Em caso de apartamento, opte por não deixar as chaves na portaria. Guarde tudo em local seguro".

 

Prevenção - Ao chegar à casa de veraneio, a atenção com a segurança deve continuar. "No momento de abertura dos portões, fique atento com o movimento na rua: veja se pessoas estranhas estão rondando o local. Não deixe as portas destrancadas, mesmo que a região seja considerada tranquila. Em caso suspeito, avise a Polícia Militar pelo telefone 190', recomenda o deputado.

 

Na praia, Camilo diz para que as pessoas evitem usar joias e relógios. "Leve somente o necessário para sua diversão, pouco dinheiro e mantenha cartões guardados em casa.  Celulares têm sido alvos constantes de assaltantes. Por isso, não exponha o aparelho e evite fotografar em pontos que não estejam bem próximos às bases policiais", afirma. 

 

 

 

 

 

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com