Polícia Militar de São Paulo: reconhecimento é uma missão urgente!

 

Para o Deputado Estadual Coronel Camilo, Comandante-Geral da Polícia Militar por três anos (2009 a 2012), a razão de ser da PM é a própria população. Mesmo diante disso, muitas vezes aparecem críticas fortes sobre determinadas ocorrências apresentadas no Estado de São Paulo. “É sempre bom frisar que o policial não veio de marte e tem um excelente treinamento. Ele é um jovem oriundo da sociedade, com todos problemas e frustrações que qualquer cidadão tem”, explica Camilo. Só neste ano, 7 PMs morreram em serviço no Estado.

 

Ainda de acordo com o deputado, os policiais são grandes defensores dos Direitos Humanos e são treinados para um trabalho extremamente difícil, o ponto de morrer por quem nem conhecem. Atualmente, todas as escolas da PM são consideradas de nível superior e a carga horária é intensa. Já o processo seletivo é rigoroso: apenas 2,7% dos inscritos para tentar uma vaga em concurso são nomeados pelo Governo, ou seja, uma apuração bem forte, conforme dados da própria Instituição.

 

Estrutura – Hoje a PM conta com 93.800 PMs (homens e mulheres) para cobrir 645 municípios. Não existe qualquer região de São Paulo que não tenha a presença de um militar. Somado a esse balanço, estão disponíveis 18 mil viaturas, 27 helicópteros, 2 navios e 3 aviões. Por ano, o telefone 190 da Instituição, o COPOM, atende, em média, 42 milhões de chamados. “Nossa PM é a melhor do Brasil, somos referência para muitas polícias”, lembra Camilo, que iniciou a carreira como bombeiro e tem mais de 33 anos de experiência em segurança pública.

 

“A produtividade também é surpreendente: no ano passado, 12 mil armas foram retiradas de circulação e 89 mil veículos foram recuperadas (produtos de furto ou roubo). Tenho muito orgulho dos nossos policiais”, comemora Camilo. Outro ponto que faz a diferença na PM, segundo o deputado, são os partos feitos em comunidades ou na rua e dentro de viaturas. No ano de 2015, por exemplo, foram 57 bebês que vieram ao mundo pelas mãos dos patrulheiros. "Polícia Militar é amiga do cidadão, está pronta para atender e proteger quem mais precisa", conclui.

 

 

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com