Vandalismo: Coronel Camilo é eleito presidente de CPI que vai tratar do tema

 

 

 

O Deputado Estadual Coronel Camilo foi eleito presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Vandalismo da Assembleia Legislativa de São Paulo. Os trabalhos, que devem durar 90 dias, incluem a investigação da prática de atos de vandalismo no Estado por grupos organizados, sejam em eventos públicos ou em ações isoladas.

 

De acordo com o Deputado Coronel Camilo, as depredações ao patrimônio público e privado são cada vez mais comuns. São casos de ônibus queimados, prédios destruídos e obras estragadas por pessoas que acreditam que nunca serão punidas pelas ações que praticam.

 

“Será uma CPI propositiva para criar até mesmo projetos de lei que visem evitar tanto vandalismo. Queremos somar”, afirma Camilo. “Também iremos trazer especialistas no assunto para estimular um debate. O que não pode é o cidadão continuar sendo prejudicado coma ações de hostilidade. Ninguém gosta de observar a sua cidade destruída”, conclui Camilo, que por três anos foi Comandante-Geral da Polícia Militar paulista (2009 a 2012).

 

 

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com