Coronel Camilo propõe Home Care para policiais feridos em serviço

 

O Deputado Estadual Coronel Camilo protocolou nesta terça-feira, 12/04, uma indicação ao Governador Geraldo Alckmin para elaboração de lei que ofereça aos servidores militares e civis que vierem a sofrer ferimentos em serviço, ou ato de serviço, a assistência ou internação domiciliar denominada Home Care, custeada integralmente pelo Estado. Confira aqui a íntegra da indicação. 

 

Coronel Camilo sugere que o Hospital da Polícia Militar ou o Hospital do Servidor Público do Estado criem o serviço de atendimento domiciliar, que realizará a gestão dos pacientes sob sua responsabilidade em assistência ou internação domiciliar.

 

As despesas incluem alocação de recursos humanos, assistência clínico-terapêutica e psicossocial, infraestrutura do domicílio do paciente e deslocamentos para exames e internações, materiais, incluindo os necessários à higienização, medicamentos, equipamentos e retaguarda de serviços de saúde. Não haverá qualquer ônus ao paciente.

 

O serviço deve assegurar ainda os exames laboratoriais, radiológicos, por métodos gráficos, hemoterapia, diálise, assistência respiratória com oferta de equipamentos, materiais e gases medicinais, ventilação mecânica, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, cuidados odontológicos, orientação farmacêutica, além da assistência psicológica, psiquiátrica e religiosa, caso o paciente solicite.

 

O Home Care compreende uma modalidade contínua de serviços na área de saúde, cujas atividades são dedicadas aos pacientes em um ambiente extra-hospitalar. Seu propósito é promover, manter ou restaurar a saúde, maximizando o nível de independência do paciente, minimizando os efeitos debilitantes das várias patologias e condições que gerencia.

 

“A complexidade do exercício da árdua função policial, da missão dos profissionais de vigilância e escolta prisional e dos educadores responsáveis pela orientação e reeducação de adolescentes submetidos a medidas socioeducativas com restrição de liberdade pode ensejar a ocorrência de danos físicos aos agentes da lei, gerando sequelas ou longos períodos de reabilitação domiciliar”, afirma o Deputado na justificativa da indicação ao Governador.

 

Coronel Camilo pondera que se Estado exige que seus servidores cumpram seu dever até o limite de oferecerem a própria vida em defesa da sociedade, portanto, nada mais justo que assegure a esses agentes, quando lesionados, a possibilidade de reabilitação com dignidade, no aconchego de seus lares, assegurando o conforto paliativo ao paciente e a seus familiares.  

 

“A família policial irá reconhecer que o Estado de São Paulo nunca desampara seus filhos que, com dedicação e coragem, não temem ser feridos para que outros possam viver”, finaliza Coronel Camilo.

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com