Carnaval com mais segurança

 

Para impedir assaltos e outros crimes que podem prejudicar a viagem no Carnaval e a temporada de calor, é importante não deixar a segurança de lado e dificultar ao máximo a ação dos ladrões. Uma das medidas, em especial, está relacionada às casas na capital e Grande São Paulo, que permanecerão fechadas durante o descanso das famílias em outras cidades.

 

Antes de sair, programe o endereço que pretende estar, com esclarecimentos especificados de como chegar e mapas. Prepare um ‘pacote’ de medidas que não são muito onerosas e que dão o resultado esperado. Se estiver com assinaturas de revistas e jornais, prefira suspender o contrato pelo menos no período em que estiver ausente. A aglomeração de papéis pode dar a impressão de abandono e de que o imóvel é alvo fácil para a invasão de bandidos.

 

Avise seus vizinhos que a casa ficará vazia e deixe um contato caso ocorra algum imprevisto ou suspeita de roubo no local. Sensores de presença, que iluminam as calçadas, podem prevenir delitos e não tem um custo tão elevado. Outra dica é não deixar as luzes acesas. Essa estratégia não funciona. Se tiver equipamentos eletrônicos, como cerca e alarmes, faça uma revisão para evitar falhas. Em caso de apartamento, opte por não deixar as chaves na portaria. Guarde tudo em local seguro.

 

 

Ao chegar à casa de veraneio, a atenção com a segurança deve continuar acentuada. No momento de abertura dos portões, fique atento com o movimento na rua: veja se pessoas estranhas estão rondando o local. Não deixe as portas destrancadas, mesmo que a região seja considerada tranquila. Em caso suspeito, avise a Polícia Militar pelo telefone 190. Desde dezembro, em 16 municípios do litoral Sul e Norte de São Paulo, é realizada a Operação Verão, que segue até dia 15 deste mês. Ao todo, são 2.883 policiais militares.

 

Já à beira mar, não use joias e relógios. Leve somente o necessário para sua diversão, pouco dinheiro e mantenha cartões guardados em casa.  Celulares têm sido alvos constantes de assaltantes. Por isso, não exponha o aparelho e evite fotografar em pontos que não estejam bem próximos às bases policiais. As crianças também merecem todo cuidado possível. Se forem à praia, coloque pulseiras de identificação e não as deixe sozinhas. É fundamental orientá-las para que não deem atenção a estranhos.

 

Se precisar sacar dinheiro, vá a caixas eletrônicos antes das 19h, quando escurece, e procure equipamentos instalados e shoppings ou lojas de conveniência.  Cuidar da família é fundamental para que as férias deixem boas recordações. Nunca reaja! Sua vida vale muito mais. Bom descanso.

 

 

Artigo publicado no Jornal Estação em 3 de fevereiro de 2016

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com