Canil Central da Polícia Militar completa 65 anos

 

O deputado Coronel Camilo participou da Solenidade em comemoração aos 65 anos de criação do Canil, que aconteceu na manhã do último dia 29 de setembro na Associação dos Oficiais da Polícia Militar.

 

O Estado de São Paulo conta com mais de 400 cães que auxiliam o policial na captura de criminosos, em operações específicas de combate ao tráfico de drogas, armas e munições, além de auxiliar na busca por pessoas desaparecidas.

 

O início das operações do canil central data de setembro de 1950 quando o capitão Djanir Caldas trouxe técnicas de cinotecnia da Argentina e quatro cães. O canil central está subordinado ao 3º Batalhão de Policiamento de Choque ‘Humaitá’.

 

“Esta é uma importante unidade que auxilia nossos policiais militares nas suas missões. Este é um trabalho incrível que ajuda no resgate de pessoas e no combate à criminalidade. Tenho muita satisfação em ter comandado estes homens e mulheres tão valorosos”, afirmou o parlamentar.

 

Em julho, o Coronel Camilo recebeu na Assembleia Legislativa o sargento Valdeci da Silva Lima, o Cabo Denízio e a cachorra Ira, da raça braco alemão, integrantes do canil central. Nesta mesma edição, participaram também integrantes do 32º BPM/M, Ten. Cel Paulo Sérgio Merino, Comandante; sargento Hamilton Donizete Naves, encarregado do Canil;  Cap. José Renato Prado Galdino, Comandante da Força Tática e o soldado Ismael José da Silva Junior, condutor do cão Judá.

 

Acompanhe o vídeo na íntegra

 

 

 

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com