Cão farejador da PM já localizou mais de 5,5 mil embalagens de entorpecentes

Da raça Pastor Belga Malinois, ‘Judá’ participou de uma simulação no estúdio da ALESP

 

 

O Deputado Estadual Coronel Camilo apresentou nesta quarta-feira, dia 5, o "Programa AL Convida", que será exibido pela TV Assembleia. O episódio, que vai ao ar na próxima semana, contou com a participação do cão Judá, do 32º Batalhão, situado em Suzano, na Grande São Paulo. O cão é um dos campeões do Estado no farejamento de drogas.

 

“Os nossos cães são grandes parceiros no combate à criminalidade”, afirmou o Coronel Camilo, que em seu trabalho na presidência da Frente Parlamentar de Segurança Pública e na vice-presidência da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, tem apoiado as atividades que visam melhorar a segurança no Estado, com a participação popular e o incentivo à utilização de técnicas que aumentem a eficiência do trabalho policial, aliado ao emprego da tecnologia, fatores que influem diretamente na redução da criminalidade.

 

Para a gravação na TV, a produção do programa escondeu um objeto utilizado para o treino de Judá no farejamento. Em menos de um minuto, o cão localizou o objeto, que estava em outra sala no estúdio da TV ALESP.

 

Segundo dados da Polícia Militar, 26 indivíduos já foram detidos com o apoio de Judá. O cão, de apenas dois anos e meio, também foi responsável pela apreensão de 5.551 embalagens de crack, cocaína, maconha e lança-perfume. Judá, absolutamente disciplinado, atende ao comando dos policiais a partir da colocação de coleiras específicas para policiamento (em aro) e para farejamento (em tira).

 

O Estado de São Paulo conta com 430 cães, distribuídos em 24 canis setoriais, que realizam tarefas ligadas ao policiamento, como o farejamento de drogas, armas e munições; e na localização de pessoas desaparecidas. Os policias militares explicam que o treinamento do cão não envolve nenhum tipo de indução ao vício ou maus tratos. “Trata-se de um adestramento normal. Ele procura um objeto específico que, para ele, é um brinquedo, independe de ser droga ou não”, disse o Sargento Hamilton Donizete Naves, encarregado do canil setorial.

 

Também participaram do programa o Tenente Coronel Paulo Sérgio Merino, o Capitão José Renato Prado Galdino, o Sargento Valdeci da Silva Lima, o Cabo Francisco Denízio e o Soldado Ismael José da Silva Júnior.

 

Em 2014, os cães da PM paulista participaram de 650 operações, onde foram vistoriados 3.049 indivíduos, presos 57 criminosos em flagrante e conduzidos 50 suspeitos à delegacia de policia. No último ano, os animais auxiliaram na apreensão de diversos tipos de drogas, com destaque para 8,3 kg de cocaína.

 

Cão Brock – Ainda durante o programa, foi exibida a participação do cão Brock. Ele pertence ao Comando de Policiamento de Choque e também é destaque nas ocorrências do Estado. 

 

Confira as fotos dos bastidores do programa

 

Please reload

Arquivo de notícias

18/12/2018

Please reload

Desenvolvido por @carinarabelo.com